in , , , , , ,

Parceria de bambas venceu disputa na Vila Isabel

A Unidos de Vila Isabel escolheu, em festa que começou na noite do último sábado, 13, e terminou no início da manhã de domingo, o samba para o enredo ‘A Vila canta o Brasil celeiro do mundo – “Água no feijão que chegou mais um…”, que a escola apresentará na Marquês de Sapucaí no próximo Carnaval. A parceria vencedora reúne Martinho da Vila, Arlindo Cruz, André Diniz, Tunico da Vila e Leonel. Com a vitória, André Diniz emplaca seu 13º samba-enredo na escola e Martinho, o 11º.

Durante o evento, o presidente Wilsinho Alves anunciou um importante reforço para a azul e branco em 2013. O consagrado Carlinhos de Jesus será o diretor artístico da escola.

– Todos sabem que meu coração é verde e rosa, mas como bom mangueirense, sou sambista e não posso deixar de reconhecer que a Unidos de Vila Isabel é o berço do samba. Espero poder colaborar com minha dança, criatividade, comprometimento e paixão por meu trabalho. Sou muito grato por mais esta importante missão e oportunidade. Rumo ao título de 2013! – declarou o coreógrafo e dançarino.

Após o anúncio do samba campeão, a festa continuou na rua, já com dia claro, e com as participações de Sabrina, de Rute Alves e Julinho, casal de porta-bandeira e mestre-sala, e dos ritmistas de mestes Paulinho e Walan.

Confira as fotos e a letra do samba:

 

Fotos – Diego Mendes/Divulgação

 

O galo cantou

Com os passarinhos no esplendor da manhã

Agradeço a deus por ver o dia raiar

O sino da igrejinha vem anunciar

Preparo o café, pego a viola, parceira de fé

Caminho da roça, e semear o grão…

Saciar a fome com a plantação

É a lida…

Arar e cultivar o solo

Ver brotar o velho sonho

Alimentar o mundo, bem viver

A emoção vai florescer

 

Ô muié , o cumpadi chegou

Puxa o banco, vem prosear

Bota água no feijão já tem lenha no fogão

Faz um bolo de fubá

 

Pinga o suor na enxada

A terra é abençoada

Preciso investir, conhecer

Progredir, partilhar, proteger…

Cai a tarde, acendo a luz do lampião

A lua se ajeita, enfeita a procissão

De noite, vai ter cantoria

E está chegando o povo do samba

É a vila, chão da poesia, celeiro de bamba

Vila, chão da poesia, celeiro de bamba

 

Festa no arraiá,

É pra lá de bom

Ao som do fole, eu e você

A Vila vem plantar

Felicidade no amanhecer

 

Festa no arraiá,

É pra lá de bom

Ao som do fole, eu e você

A Vila vem colher

Felicidade no amanhecer

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Redação TDS

Comments

Deixe uma resposta

Loading…

0

Comente este notícia

Quitéria Chagas foi coroada no Império Serrano em noite de escolha de samba

Ilha escolheu samba para homenagem ao poeta Vinicius de Moraes