Você está aqui

Santa antecedência

Compartilhe:

Depois de anos com apresentações mornas, culminando com a décima colocação de 2015, a Acadêmicos de Santa Cruz promete uma grande reviravolta para este carnaval. Com um barracão surpreendentemente adiantado para os parâmetros e as imensas dificuldades da Série A, a escola aposta na alegria como trunfo para a briga pelo título. Um dos responsáveis pela confecção do desfile, Munir Nicolau, falou ao TUDO DE SAMBA sobre o que espera da ano da verde e branca e conta sobre o que há de diferente para a disputa deste certame.

– O que mudou foi que estamos ousando bastante este ano. Temos feitos bons carnavais mas está faltando um diferencial. Este ano vamos vir com muitos movimentos de Parintins, muito trabalho de espuma. O presidente Zezo tinha uma reserva, o dinheiro da Prefeitura acabou de sair e a gente não esperou. Usamos muito material que tínhamos e não havíamos utilizado, muita folhagem, e dentro das dificuldades vamos driblando a crise – ensinou.

barracao 0601
Alegorias bastante adiantadas dão o tom na Santa Cruz. Foto: Tudo de Samba

Toda essa animação está calcada em elementos reais, segundo Nicolau. A comissão de frente, por exemplo, que já foi um enorme sucesso no carnaval passado, ensaia a pleno vapor, tentando manter as notas máximas obtidas. Calcanhar de aquiles da alviverde, sua bateria ganhou reforço de cinquenta ritmistas e, a custa de muitos e exaustivos ensaios sob a batuta de Mestre Riquinho, tentará melhorar seus recentes resultados. O ensaio técnico será neste sábado e rola uma tendência de se esconder um pouco o jogo nos principais quesitos.

– A gente trabalha para brigar mais em cima. Estamos animados, a escola está bonita, alegre, temos um bom samba e esperamos fazer um bom desfile, com a presença em massa da comunidade, a fim de levantarmos o caneco. Teremos uma grande comissão de frente, falando do desmatamento da Amazônia e quem for verá um super espetáculo. No ensaio técnico do dia nove não apresentaremos o trabalho, mas os ensaios têm prometido bastante. Em relação à bateria, estamos bem, com duzentos e setenta componentes, cinquenta a mais que no ano passado. Teremos um carnaval bem encaixadinho – vibrou.

Com o enredo Diz mata! Digo verde. A natureza veste a incerteza. E o amanhã?, a Santa Cruz será a quarta a pisar a Marquês de Sapucaí, na sexta-feira de carnaval. E com transmissão ao vivo, em áudio, do TUDO DE SAMBA.

Clique no player abaixo e ouça a declaração de Munir Nicolau.

Compartilhe:

Comente este notícia

Deixe uma resposta

Top