Você está aqui
Página Inicial > Carnaval 2019 > Águia, Vai-Vai e X9 Paulistana são os destaques da semana. Nenê e Independente foram as melhores do Acesso

Águia, Vai-Vai e X9 Paulistana são os destaques da semana. Nenê e Independente foram as melhores do Acesso

Compartilhe:

A quinta semana de ensaios técnicos no Anhembi ficou recheada de grandes e emocionantes ensaios, que brindou ao bom público que foi a Avenida. Foram mais de treze agremiações, dos Grupo de Acesso 1 e 2 e do Grupo Especial. As principais escolas a realizarem os treinos foram a Rosas de Ouro, na quinta (07), no dia seguinte foi à vez da Pérola Negra, Nenê de Vila Matilde e Camisa Verde e Branco. Já no sábado (09) ensaiaram na Passarela do Samba, a Leandro de Itaquera, Unidos do Peruche, Águia de Ouro, X9 Paulistana, Gaviões da Fiel e Vai-Vai. No último dia de ensaios da semana foi a vez da Mocidade Unida da Mooca, Acadêmicos do Tatuapé, atual Bicampeã do Carnaval Paulistano, e por fim a Independente Tricolor.

Foto: Marcelo Messina / LIGASP

A única escola a pisar na quinta-feira (07) de treinos técnicos, foi a Rosas de Ouro, que realizou um bom ensaio com um grande numero de contingente. O destaque do ensaio ficou por conta da Bateria Com Identidade, comandada por Mestre Rafa, que realizou algumas paradinhas bem executadas pelos mais de 500 metros da Avenida. Outro ponto positivo do treino ficou por conta do  primeiro casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Edgar e Isabel, que reaizaram uma coreografia belíssima com um sincronismo muito perfeito. Se o desfile fosse no dia seguinte o casal estava preparado. O próximo ensaio será no dia 16 de Fevereiro. A Roseira levará para a Avenida o enredo “Viva Hayastan”.

A sexta (08) de ensaios ficou reservada para três agremiações, e a primeira a pisar no Anhembi foi a Pérola Negra, realizou o seu último treino que foi muito bom. O destaque da agremiação foi mais uma vez a Bateria, comandada por Mestre Fernando Neninho, que realizou um andamento muito bom para o canto da comunidade e ainda fez boas paradinhas com um nível muito bom de dificuldade. O Outro ponto positivo foi o carro de som, capitaneado por Daniel Collete, que levou muito bem o samba. A agremiação não fará mais ensaios. A Perola levará para a Avenida o enredo “Da majestosa África, tu és negra mulher guerreira a verdadeira Pérola Negra”.

A segunda escola a realizar o seu ultimo ensaio técnico foi a Nenê de Vila Matilde que fez um belo treino. O destaque foi a bateria de bambas comandada por Mestre Matheus Machado, que buscou uma pegada mais retro que levou a loucura a escola que desfilou com muita alegria pelos mais de 500 metros da Avenida. O outro ponto positivo foi o carro de som, regido por Agnaldo Amaral, que levou o samba com o seu jeito impar que animou os presente na Passarela e a toda a comunidade matildense. A agremiação não fará mais treinos no Anhembi. A Nenê levará para o Anhembi o enredo “A majestade do samba chegou! Corri pra ver… pra ver quem era. Chegando lá, era a Nenê e a Portela”.

A ultima a realizar o seu ensaio na sexta (08) foi a Camisa Verde e Branca, que realizou um belo treino. O destaque da escola foi mais uma vez o carro de som, regido por Tiganá, que ajudou e muito o canto da escola que foi outro ponto positivo da agremiação. O cantor deu um show pelo Anhembi. O outro ponto positivo foi a comissão de frente, que é coreografada por Arthur Rozas, que realizou uma bela coreografia com um sincronismo impar que levou ao delírio a arquibancada do Anhembi. A escola não fará mais treinos na Avenida. O camisa levará para a Passarela o enredo “Orin, Orin – Uma viagem sem fim…quando os tambores ecoam na floresta, a Barra Funda está em festa”.

O sábado (09) de treinos começou ainda à luz do dia com a Leandro de Itaquera, que realizou um bom ensaio. O destaque da escola foi mais uma vez o carro de som, regido por Juninho Branco, que fez uma grande apresentação com um bom samba. O cantor impulsionou o samba e ainda ajudou no canto da comunidade. Outro ponto positivo foi a animação dos componentes que realizou o ensaio ainda com um forte calor do fim da tarde. A escola não terá mais ensaios técnicos. A Leandro levará para a Avenida o enredo “Ubatuba. O reconto do caboclo sob a luz do luar”.

A segunda a realizar o seu ultimo treino, ainda à luz do dia, foi a Unidos do Peruche, que realizou um grande ensaio. O destaque da escola foi a junção da Bateria Rolo Compressor com o carro de Som, regido por Toninho Penteado. A bateria orquestrada por Mestre Call, que realizou um andamento mais cadenciado que junto com o interprete Toninho Penteado ajudaram o canto da escola pela Avenida. Outro ponto positivo foi o primeiro casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira,Jefferson Antony e Thais Paraguassu executaram uma dança muito bem coreografado e bem executada. A Peruche levará para a Avenida o enredo “Nascem do ventre africano os valores do mundo. África, um passado presente no futuro da humanidade”.

Foto: Marcelo Messina / LIGASP

A terceira escola a realizar o seu ensaio foi a Águia de Ouro, que realizou mais um ensaio tecnicamente perfeito e é uma das postulantes ao título. O destaque da escola foi o canto, que foi coeso por todas as alas, e a organização da escola, que fez um treino muito maduro e se tivesse desfile no dia seguinte a escola estaria pronta para realizar um grande desfile. O outro ponto positivo foi o carro de som, regidos por Douglinhas e Tinga, que e interprete da Vila Izabel. A dupla esta muito afinada e bem entrosada com o samba.  O próximo ensaio será no dia 21 de Fevereiro. O Aguia de Ouro levará para a Passarela do Samba o enredo “Brasil, eu quero falar de você! Que país é esse”.

Em seguida foi a vez de mais um ensaio emocionante, com a X9 Paulistana, que fez um belo treino. O destaque da escola foi mais uma fez a junção do carro de som, regido por Darlan Alves, e da bateria pulsação nota 1000, dos mestres Fabio Américo e Kito. O interprete Darlan realizou mais uma grande apresentação com muita segurança pela Avenida e ainda ajudou o canto da escola, já a bateria dos mestres Fábio e Kiko realizou um ritmo mais cadenciado onde realizou algumas paradinhas pela Avenida. O outro destaque da escola foi o primeiro casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Marquinhos e Lysandra, que dançam pela primeira vez juntos e, mostraram uma grande sincronia nos movimentos.A escola não fará mais apresentações no Anhembi. A X9 Paulistana levará para o Anhembi uma homenagem ao cantor e compositor Arlindo Cruz que tem o título “Meu lugar é cercado de luta e suor, esperança num mundo melhor! O show tem que continuar!”.

A penúltima a realizar o seu ensaio no sábado (09) foi a Gaviões da Fiel Torcida, que fez um belo treino. O destaque da escola foi mais uma vez o carro de som, regido por Ernesto Teixeira, que levou o samba com uma simplicidade e ajudou e muito o canto da comunidade. Outro ponto positivo foi o canto da comunidade que em todas as alas estavam bem afiadas e passaram como rolo compressor na Avenida. O próximo ensaio será no dia 14 de Fevereiro. Os Gaviões levarão para a Avenida o enredo ” A Saliva do Santo e o Veneno da Serpente “.

Já na madrugada de domingo (10) a ultima escola a pisar na Avenida foi a Vai-Vai, que fez um grande treino. O destaque da apresentação foi o carro de som, regida por Grazzi Brasil, que deu um espetáculo pela Avenida com uma maturidade impressionante em pela primeira vez o microfone numero um da escola do Povo. Outro ponto positivo no ensaio foi a organização das alas na Vai-Vai, a escola fez uma apresentação perfeita na organização e com o canto do samba muito afiado. A escola não fará mais ensaios. O escola do Povo levará para a Avenida o enredo “Vai-Vai: Quilombo do futuro”.

A primeira a pisar na Avenida no domingo (10) foi a MUM, a Mocidade Unida da Mooca, que realizou um bom ensaio técnico, O destaque da agremiação foi o carro de som, regido por Gui Cruz e Clayton Reis, que realizaram um grande trabalhos juntos, com um entrosamento grande e ainda empurraram o canto da escola. Outro ponto positivo foi o canto da escola que foi bastante constante pela a Avenida. A escola não fará mais ensaios. A MUM levará para o Anhembi o enredo “Manto sagrado, a história que o tempo bordou”.

A segunda agremiação a realizar o seu foi a atual Bicampeã do carnaval de São Paulo, a Tatuapé, que fez uma grande apresentação e buscará o Tricampeonato. O destaque da apresentação foi apresentação do carro de som, regido por Celsinho Mody, que mais uma vez deu um show pela Avenida. Com o seu jeito de entoar o samba a escola cresceu ainda mais no canto e treino de forma muito boa. Outro ponto positivo do ensaio foi o canto da comunidade que fez uma apresentação aguerrida e muito bela com as alas cantando a plenos pulmões.O próximo ensaio será no dia 17 de Fevereiro. A Tatuapé levará para o Anhembi o enredo “Bravos Guerreiros: Por Deus, pela honra, pela justiça e pelos que precisam de nós”.

A ultima agremiação a pisar no sambódromo foi a Independente Tricolor, que realizou um grande treino no Anhembi, que se credencia pela a volta ao Grupo Especial. O destaque da escola foi às junções do carro de som comandado por Rafael Pinah e a Bateria Ritmo Forte de mestre Klemen Gioz, que juntos realizaram uma andamento muito satisfatório e ajudou o canto da comunidade, que foi o outro ponto positivo do ensaio. O canto foi bastante constante pelos mais de 500 metros da Avenida. A escola não fará mais nenhum ensaio técnico. A Independente levará para o Anhembi o enredo “Para sempre vou te amar”.

Foto: Felipe Araujo
Compartilhe:

Comente este notícia

Top