in , , , , , ,

Alegria da Zona Sul, Viradouro e Império Serrano movimentaram a Sapucaí na noite de sábado

A temporada de ensaios técnicos de 2013 foi aberta no sábado, 5, com a presença, na Marquês de Sapucaí, de três agremiações que estarão disputando este ano o campeonato da nova Série A, formada a partir da fusão das escolas dos grupos de Acesso A e B.

Com contingente reduzido em relação às duas escolas que ensaiaram na mesma noite, a Alegria da Zona Sul fez um ensaio morno, com canto de componentes irregular. A Alegria vai mostrar na Avenida, no desfile de Sexta-Feira de Carnaval, o enredo “Quem Não Chora Não Mama”, homenageando o Cordão da Bola Preta. A responsabilidade da parte plástica do espetáculo é do carnavalesco Eduardo Gonçalves, que pelo segundo ano consecutivo dá expediente na escola de Copacabana. A passagem da escola pelo Sambódromo marcou a estreia da atriz Desiree Oliveira no posto de rainha dos ritmistas de mestre Esteves.

Segunda a ocupar a pista do Sambódromo, a Unidos do Viradouro ensaiou com número de componentes de escola do Grupo Especial. O canto dos componentes foi regular, embora com algumas alas bem mais empolgadas que as demais. A bateria de mestre deu show, com bossas muito bem executadas. À frente dos ritmistas, esteve, pela primeira vez, Dandara Oliveira, como rainha de bateria.

A escola de Niterói, que perdeu o direito de figurar entre as escolas do Especial em 2010, quando foi rebaixada, espera voltar à elite do Carnaval carioca com o enredo, de Max Lopes, intitulado “Nem melhor nem pior, que não sai da minha mente… Inspiração para o meu samba, eu também sou diferente”, que vai abordar a história do Salgueiro. A escola vai desfilar na Sexta-Feira de Carnaval.

Última a se apresentar na noite, o Império Serrano, assim como a Viradouro, mostrou que continua mantendo os componentes mobilizados, apesar de ter caído para o Grupo de Acesso em 2009. A escola compareceu ao Sambódromo com contingente considerável, deixando evidente que, se depender da dedicação dos componentes, a verde e branco de Madureira, está na luta para retornar ao Grupo Especial em 2014. O samba foi bem cantado, ainda que tenha faltado um pouco de emoção, já que cantar a cidade de Caxambu – que terá sua história contada no desfile – não é um tema que desperte emoção no imperiano. A bateria de mestre Gilmar, com coreografias e bossas, contagiou boa parte do público. O retorno de Quitéria Chagas ao posto de rainha foi um presente para o público e para os componentes. Com o charme e o samba no pé de sempre, a mulata arrancou aplausos à medida que cruzou a pista de desfiles.

O Império Serrano vai desfilar no Sábado de Carnaval, com o enredo “Abençoado em águas milagrosas, fiz meu Carnaval. Nascido na fonte do samba, Império Serrano canta Caxambu, paraíso de riquezas naturais, dos circuitos das águas das Minas Gerais”, do carnavalesco Mauro Quintaes.

Desireé Oliveira é rainha estreante na Alegria da Zona Sul
Dandara Oliveira também fará sua estreia como soberana dos ritmistas da Viradouro

Este ano, Quitéria volta a reinar no Império Serrano

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Fábio Pavão

Doutor em Antropologia, professor, pesquisador de samba e cultura popular, colunista e comentarista de carnaval

Comments

Deixe uma resposta

Loading…

0

Comente este notícia

Bloco Fuzuê promove roda de samba neste domingo

Jogador que eliminou o Brasil da Copa visitou a Unidos da Tijuca