in , , , , , ,

Após maratona de ensaios, Águia, Império e Vila Maria riscam a Avenida e são os destaques dos treinos

Fotos: Ana Silva
Foto: Rede Social Águia de Ouro

O sábado (04) de ensaios técnicos foi uma prévia dos desfiles oficiais que será entre os dias 24 a 26 de Fevereiro (24 e 25 Grupo Especial e 26 Acesso). Com mais de sete horas de muito samba, o Anhembi recebeu seis agremiações, sendo cinco entidades do Grupo Especial (Águia de Ouro, Unidos de Vila Maria, Tom Maior, Império de Casa Verde e Gaviões) e uma do Grupo de Acesso ( Pérola Negra). Os treinos foram realizados, com tempo bem agradável, diferente do que ocorreu na última sexta (03), em que as agremiações, Leandro de Itaquera, Mocidade Alegre e X9 Paulistana, realizaram o treino debaixo de uma forte chuva.

 

A primeira a pisar no Anhembi às 19h, ainda com a luz do dia, foi a Águia de Ouro, que levará para a Passarela do Samba o enredo “Amor com amor se paga. Uma história animal!”, desenvolvido pelo carnavalesco Amarildo de Melo. A Águia foi para o segundo treino, e o destaque foi à junção entre o canto da comunidade da Pompéia, que mesmo com a chuva participou em peso do treino, e a Harmonia, que apresentou alas compactas e preenchidas. Outro destaque foi o carro de som, que é capitaneado pelo interprete Douglinhas, que levou o samba que é composto Juca, Cuca, Ivanzinho, Pelezinho, Fernandinho SP e Douglas Aguiar, o Douglinhas, com maestria pela Avenida. O último ensaio da agremiação do Bairro da Pompéia será no dia 15 de Fevereiro.

Fotos Nelson Gariba e Dadinho Dias / sintonia de bambas

segunda entidade a realizar o seu treino foi a Unidos de Vila Maria, que tem como enredo “Aparecida – A Rainha do Brasil. 300 anos de amor e fé no coração do povo brasileiro”, desenvolvido pelo carnavalesco Sidnei França. Antes do inicio do ensaio o padre Reginaldo Mazotti, cantando a música ‘Ave Maria’, em que abençoou os componentes da escola para mais um treino, e de quebra deixou todos os presentes emocionados. A Vila ensaiou pela segunda vez na Passarela do Samba, e o destaque foi a Evolução e o canto comunidade da Vila Maria, que entoou o samba de autoria Leandro Rato, Zé Paulo Sierra, Almir Mendonça, Vinicius Ferreira, Zé Boy e Silas Augusto, a pleno pulmões em todas as alas. Outro ponto positivo foi a bateria ‘Cadência da Vila’ de Mestre Moleza, que fez mais uma vez um andamento um pouco mais acelerado girando em torno de 144 a 146 batimento por segundo e também realizou algumas paradinhas, em especial nos refrões. Um fato curioso no ensaio da Vila Maria foi a demarcação dos carros alegóricos da agremiação, gira em torno de 40 metros de comprimento, que será um dos maiores de São Paulo.O ultimo ensaio da escola será no próximo dia 11 de Fevereiro.

Fotos Nelson Gariba e Dadinho Dias / Rádio Sintonia de Bambas

A terceira agremiação a realizar o seu ensaio foi a Tom Maior, que levará para o Anhembi o enredo “Elba Ramalho canta em oração o folclore do Nordeste. Toque sanfoneiro forró, frevo e xaxado”, assinado pelo carnavalesco Cláudio Cebola. A Tom realizou o seu segundo ensaio, e o destaque da escola foi mais uma vez o carro de som, capitaneado por Bruno Riba, que levou o samba de autoria Maradona, Turko, Ricardo Neto, Paulinho Miranda, Rafa do Cavaco, Celsinho Mody e Léo Reis, com maestria em todo a Avenida, e de quebra o canto da comunidade do Sumaré cresceu bastante em comparação ao ultimo ensaio. Outro destaque foi o primeiro casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Jairo e Simone, que apresentou uma dança convencional, onde o Mestre-Sala cortejou bastante a Porta-Bandeira, por todo os 560 metros da Avenida. O ultimo ensaio da Tom será no próximo dia 11 de Fevereiro.

Créditos fotos: Nelson Gariba / Rádio Sintonia de Bambas

A quarta agremiação a pisar na Avenida foi a atual campeã do carnaval de São Paulo, a Império de Casa Verde, que tem como enredo “Paz. O império da nova era”, desenvolvido pelo carnavalesco Jorge Freitas. A Império realizou o último ensaio na Avenida, e o destaque desse treino foi mais uma vez como nos últimos dois treinos, a Bateria ‘Barcelona do Samba’, comandado por Mestre Zoinho e o carro de som, capitaneado por Carlos Junior. A bateria de mestre Zoinho que tem entrosamento de décadas com o interprete Carlos Junior, levou o samba com muita exatidão pela Avenida e empolgou o público presente com várias paradinhas e breques. Esse conjunto fez mais uma vez com que a comunidade da Casa Verde cantasse a plenos pulmões o samba de autoria Turko, Aquiles da Vila, Maradona, Chanel Wagner, Paulinho, JC Castilho, Tinga e Silas Augusto, por todo o Anhembi. Outro ponto positivo, mesmo com um contingente menor, foi a Evolução da escola que ensaio uniforme por todos os setores. A azul e branca será a terceira agremiação a pisar na Avenidar no sábado de Carnaval, em 25 de fevereiro.

Créditos fotos: Nelson Gariba, Hauana Caetano e Vitória Moura / Rádio Sintonia de Bambas

Já na madrugada de domingo (05), a Gaviões da Fiel, levará para a Avenida o enredo “Com as mãos e a garra de um povo sonhador, surge o contraste de uma nova metrópole – Sampa, lugar de sonhos, oportunidades e esperança”, assinado pelo artista Zilkson Reis. Os Gaviões realizaram o seu primeiro ensaio na Passarela do Samba, e o destaque da escola foi à bateria ‘Ritmão’, de Mestre Pantchinho, que apresentou um ritmo mais convencional, com poucos breques e paradinhas, porém sustentou muito bem o samba de autoria Moraes, Lubé LK, Renato do Pandeiro, Edmílson, Rogério, Maurição, Gledão e Vini. Outro destaque do treino foi o carro de som, capitaneado por Ernesto Teixeira, que sustentou o samba e de quebra ajudou na evolução da escola, que foi linear pelos 560 metros do Anhembi. O próximo ensaio dos Gaviões será no dia 11 de Fevereiro.

Foto: Reprodução da Transmissão via Facebook da LIGA-SP

A última escola a pisar no Anhembi, por volta de 1h20 da madrugada de domingo (05), foi a Pérola Negra, única agremiação do Grupo de Acesso, que tem como enredo “Pérola Negra levanta as mangas e põe a mão na massa”, assinando o carnavalesco Anselmo Brito. A entidade da Vila Madalena foi para o seu segunda treino na Passarela do Samba, e o destaque foi a apresentação do primeiro casa de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Everson Sena e Gisa Camilo, apresentaram uma coreografia muito contagiante e leve pelo Anhembi. A dupla passou sem falhas e levantou o bom público que estava presente na Passarela. Outro ponto positivo foi a bateria de mestre Adamastor, onde propôs um ritmo constate, com algumas paradinhas durante o samba composto Tigrão, Rodrigo Atração, Marcelo Soares, Thiago SP e Juninho Branco. O próximo ensaio do Pérola será no dia 10 de Fevereiro.

Foto: Marília Heymer Fotografia/ @MariliaPretolaFotografias

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Rafael.Damico

Com grande presença da comunidade, Mocidade rasga a Avenida e faz melhor ensaio da noite; Leandro e X9 realizam bons ensaios e estão na briga pelo Acesso.

Casais de MS e PB são os destaques dos treinos da Tatuapé, Tucuruvi e Mancha Verde