Você está aqui
Página Inicial > Grupo Especial do Rio > Beija-flor > Beija-Flor: ensaio alegre com excelente bateria

Beija-Flor: ensaio alegre com excelente bateria

Compartilhe:

Ao realizar, na noite deste domingo, 30, o primeiro ensaio da escola na Avenida dentro dos preparativos para o desfile de Segunda-Feira de Carnaval, os componentes da Beija-Flor fizeram o que vem faltando em algumas escolas: alegria e emoção no canto. O bom samba composto para homenagear o cantor e compositor Roberto Carlos foi peça fundamental para isso, porque cantar uma obra inspirada num artista cujos sucessos, de alguma forma, fizeram ou fazem parte da vida de todo mundo, fez toda a diferença. No final da escola, devido à distância das alas para o carro de som, o canto atravessou em alguns momentos, mas nas três vezes que o problema aconteceu, os próprios componentes se corrigiam com rapidez, sem que fosse necessário esperar a intervenção de diretores de harmonia.

Aliás, Neguinho da Beija-Flor, que cantou pela primeira vez um samba que tem o filho JR entre os compositores, foi um verdadeiro puxador. Incentivando, não só o canto da escola, mas também do público, que, das arquibancadas, vibrava cantando o refrão “Quando o amor invade a alma… É magia/ É inspiração pra nossa canção…Poesia/O beijo na flor é só pra dizer/Como é grande o meu amor por você!”. Este primeiro ensaio da azul e branco marcou a estreia de Carlinhos de Jesus como responsável pela comissão de frente. O “ex-mangueirense” e seu grupo foram bastante aplaudidos durante a passagem pela pista, mesmo sem apresentar na íntegra os movimentos que estão sendo preparados para o desfile. Mas Carlinhos preparou uma novidade: depois de se apresentar em frente aos módulos dos julgadores, a comissão de frente se dividiu pelos dos lados da pista e deu passagem ao casal de mestre-sala e porta-bandeira. A novidade foi testada e deve ser feita no desfile.

E, no quesito primeiro casal, Selminha Sorriso e Claudinho deram um show de dança, leveza, elegância, carisma e entrosamento, enfim, foram perfeitos. A dupla, por sinal, foi a única a obter notas máximas dos cinco julgadores do quesito no desfile do ano passado. A bateria comandada pelos mestre Plínio e Rodney foi uma excelente surpresa. Com ritmistas alegres – muitos cantando o samba -, o grupo brindou o público com paradinhas bem executas e que contagiaram. Rodney comandou a bateria numa cadeira de rodas. O mestre se recupera de uma fratura no pé esquerdo. Enzo, filho de Edson Celulari e Claudia Raia, participou do ensaio. Ele e o pai vão desfilar na bateria. Raissa Oliveira, com a competência de sempre, chamava atenção pela beleza e corpo escultural.

A Beija-Flor volta ao Sambódromo no dia 26 de fevereiro. A escola encerra o espetáculo do Grupo Especial no Carnaval 2011, com o enredo “A Simplicidade de um Rei”, desenvolvido pela comissão formada por Laíla (também diretor de carnaval e geral de harmonia), Alexandre Louzada, Fran Sérgio, Victor Santos e Ubiratan Silva.

Fotos: Ricardo Almeida e Photo Rio News

O canto dos componentes foi um dos destaques da escola

Carlinhos de Jesus comandou pela primeira vez a comissão de frente da escola
Selminha e Claudinho: casal nota 10 em ação
Enzo, filho de Celulari e Claudia Raia ensaiou na bateria

A rainha Raissa, legítima representante da comunidade

Compartilhe:

Comente este notícia

Top