Você está aqui
Página Inicial > Carnaval 2016 > Beija-Flor: ‘Mineirinho genial! Nova Lima – cidade natal. Marquês de Sapucaí – o poeta imortal!’

Beija-Flor: ‘Mineirinho genial! Nova Lima – cidade natal. Marquês de Sapucaí – o poeta imortal!’

Compartilhe:

A azul-e-branco de Nilópolis defenderá o título em 2016. O carnaval da escola é desenvolvido por uma comissão formada por Laíla, André Cezari, Fran-Sérgio, Ubiratan Silva, Vítor Santos e Cláudio Russo.

FICHA TÉCNICA
Fundação 25/12/1948
Cores Azul e Branco
Presidente de Honra Aniz Abrahão David
Presidente Farid Abrahão David
Quadra Rua Pracinha Wallace Paes Leme, 1025 – Nilópolis – RJ
Cep: 26.050-032
Telefone Quadra (21) 2691-1571 / (21) 2791-2866
Ensaios As quintas-feiras, a partir de 21 h
Barracão Cidade do Samba (Barracão nº 11) – Rua Rivadávia Correa, nº 60 – Gamboa
CEP: 20.220-290
Telefone Barracão (21) 2233-5889
Internet www.beija-flor.com.br
Imprensa Natália Louise
Telefone: (21) 98195-5798

BEIJA-FLOR 2016

Enredo “Mineirinho Genial! Nova Lima – Cidade Natal. Marquês de Sapucaí – O Poeta Imortal!”
Carnavalescos Laíla, André Cezari, Fran-Sérgio, Ubiratan Silva, Vítor Santos e Cláudio Russo. Pesquisadora: Bianca Behrends
Diretor de Carnaval e Harmonia Laíla
Intérprete Neguinho da Beija-Flor
Mestres de Bateria Plínio e Rodney
Rainha de Bateria Rayssa Oliveira
Mestre-Sala Claudinho
Porta-Bandeira Selmynha Sorriso
Comissão de Frente Marcelo Misailidis

Autores: Marcelo Guimarães, Sidney de Pilares, Manolo, Jorginho Moreira, Kirraizinho e Diogo Rosa.
Intérprete: Neguinho da Beija-Flor.

Abriu-se a cortina do tempo
Emoldurando a história a Beija-Flor ôôô
De Nova Lima à poesia se fez
Na genialidade do marquês
Nasceu em Congonhas de Sabará
O mais puro ouro das Minas Gerais
Atravessou o mar, no afã de conquistar
Conhecimento em terras lusitanas
Brilhou aos olhos da lei,
Formou-se bacharel
Fiel à nação, enfim regressou
A saudade apertou

Ecoou um brado de resistência
Ao longe se ouviu a voz da Independência
Pelo Brasil, impera felicidade
Já raiou a liberdade

Um homem de real valor
Um vencedor na estrada da vida
Em seu legado a primasia
Na gratidão que herdaria
Poeta, músico, escritor
O mineirinho que o Rio imortalizou
Teu chão floresce a nobreza pro samba passar
Um templo sagrado a luz do luar
Apoteose de todo sambista
Artista! Herdeiro verdadeiro de Ciata
Que hoje te abraça aos pés da praça
Em mais um Carnaval

Sou Beija-Flor, na alegria ou na dor
A Deusa da Passarela é ela!
Primeira na história do Marquês
Que na Sapucaí é soberana
De fato, nilopolitana

 

Compartilhe:

Comente este notícia

Deixe uma resposta

Top