in

Claudinha, uma autêntica musa da comunidade

Ela vem lá de cima. Do morro sim senhor!  Claudinha, como gosta de ser chamada a musa desta edição do Sambarazzo, tem orgulho, e muito, das suas raízes.

Nascida e criada no morro do Salgueiro, essa menina da pele preta tem uma relação de 20 anos com a vermelho e branco da Tijuca. Filha de seu Pedro, antigo diretor de bateria do Salgueiro, Claudinha foi levada pelo pai aos sete anos à quadra da escola. Ali nasceu o amor ao samba, ao Carnaval, e à escola.

Mas essa história de amor ao samba foi interrompida por alguns anos para viver uma outra história de amor. Durante uma viagem com um grupo de shows para a Rússia, Claudinha conheceu Jo, com quem viveu um verdadeiro conto de fadas que acabou em casamento, com direito a vestido de noiva dourado, como ela gosta de frisar.

À frente do terceiro carro do Salgueiro, que retrata a Lapa, Claudinha promete arrasar com uma fantasia que representa todos os tipos que freqüentam o lugar. É esperar pra ver o que a bela vai aprontar na Sapucaí.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Redação TDS

Comments

Deixe uma resposta

Loading…

0

Comente este notícia

Rainhas em campanha

Grande final de concurso de marchinhas