in , , , ,

Com belo desfile e show do intérprete Zé Paulo Sierra, Viradouro deixa o desfile com gritos de “É campeã!”

Com um samba contagiante, fantasias e alegorias sem luxo, mas com criatividade e acabamento satisfatório, a Viradouro foi a escola que mais agradou na primeira noite de desfiles da Série A na Marquês de Sapucaí. E grande parte da apresentação contagiante da agremiação de Niterói deve ser atribuída ao desempenho de Zé Paulo Sierra, principal cantor da vermelho e branco.

Fantasiado de São João Batista, padroeiro da escola e do município de Niterói, desde o início do desfile, Zé Paulo deu indícios de que estava prestes a protagonizar um belo espetáculo. Ainda com o carro de som estacionado ao lado da bateria de mestre Paulinho, o cantor se misturava aos desfilantes, no meio das alas, nos momentos que antecediam o início oficial do desfile. Coma  saída do caminhão de som do recuo, Zé Paulo se aproximou do público que ocupava as frisas e, com uma interpretação impecável, que marcou pelo encantamento.

A comissão de frente, liderada por Sílvio Lengruber e Fernanda Misailidis foi outro destaque do desfile, que tinha como enredo “O Alabê de Jerusalém, a saga de Ogundana”, do carnavalesco Max Lopes.

Com belo samba, com bom desempenho da bateria, do mestre-sala Marquinhos e da  porta-bandeira Giovanna, a escola pode não ter garantido o título que pode fazê-la retornar  ao Grupo Especial, mas, com certeza, fez uma apresentação digna de uma grande agremiação. Os componentes da Viradouro terminaram o desfile ouvindo ecoar de vários pontos da Passarela do Samba gritos de “È campeã!”.

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Elisa Fernandes

Santa Cruz ultrapassou tempo de desfile e está longe do título

Renascer de Jacarepaguá fez desfile regular e não deve disputar o campeonato