in , , , ,

Com final acirrada, parceria campeã da Vila Isabel quebrou hegemonia de André Diniz

Por redação 

Os componentes da Vila Isabel cantarão na Avenida em 2017 o samba de Artur das Ferragens, Gustavinho Oliveira, Danilo Garcia, Braguinha e Rafael Zimmerman. O anúncio da obra campeã do concurso da azul e branco terminou com dia claro, depois das seis da manhã. A obra vencedora quebrou uma sequência de 11 vitórias de André Diniz, que, este ano, teve como companheiros de parceria Evandro Bocão, Tunico da Vila (filho de Martinho), Professor Wladimir e Wanderson Pinguim. Artur das Ferragens venceu pela quinta vez, mas foi a primeira vitória dele fora da parceria com Diniz.

Foto: Eduardo Hollanda - Compositores campeões comemorando a vitória
Foto: Eduardo Hollanda/Divulgação – Compositores campeões comemorando a vitória

A disputa foi acirrada, com cinco sambas finalistas. Foram ao todo 14 votos para a definição da obra campeã. A parceria vencedora recebeu oito votos: do casal de mestre-sala e porta-bandeira, da ala de compositores, da Velha Guarda, do Conselho Deliberativo, da direção de carnaval, do intérprete, do diretor administrativo e do presidente. Já o samba composto por Evandro Bocão, André Diniz, Tunico da Vila, Professor Wladimir e Wanderson Pinguim recebeu seis votos: da ala de baianas, do carnavalesco, do diretor jurídico, da bateria, da ala de passistas e da direção de harmonia.

Foto: Irapuã Jeferson - Em noite de quadra lotada, as torcidas dos sambas finalistas foram um espetáculo à parte
Foto: Irapuã Jeferson – Em noite de quadra lotada, as torcidas dos sambas finalistas foram um espetáculo à parte

A festa na Vinte e Oito de Setembro, onde fica a sede da agremiação, teve casa cheia e contou com as presenças da apresentadora Sabrina Sato, que estreou no posto de rainha de bateria da escola em 2011, e da cantora Lexa, que foi apresentada como a mais nova integrante do time de musas da Vila.

A rainha Sabrina Sato ao lado de mestre Wallan, comandante da bateria da Vila Isabel
Foto: Irapuã Jeferson – A rainha Sabrina Sato ao lado de mestre Wallan, comandante da bateria da Vila Isabel
Foto: Irapuã Jeferson - No próximo Carnaval, a cantora Lexa vai reforçar o time de musas da escola
Foto: Irapuã Jeferson – No próximo Carnaval, a cantora Lexa vai reforçar o time de musas da escola

Ex-presidente, sócio-fundador e benemérito da Vila Isabel, Ailton Guimarães Jorge, o Capitão Guimarães, discursou e enalteceu a atual diretoria da escola:

– Estão colocando a nossa escola no lugar dela. Eles vêm sanando as contas para colocar a Vila no lugar de onde ela nunca deveria ter saído – afirmou, em discurso, Guimarães, que também foi presidente da Liga das Escolas de Samba.

Foto: Irapuã Jeferson - Capitão Guimarães, que já presidiu a escola, exaltou o trabalho da atual diretoria da agremiação
Foto: Irapuã Jeferson – Capitão Guimarães, que já presidiu a escola, exaltou o trabalho da atual diretoria da agremiação

Em 2017, a Vila, que será a quarta a desfilar no Domingo de Carnaval, tentará o título com o enredo ‘’O Som da Cor’’, do carnavalesco Alex de Souza.

Confira o  samba campeão: 

Compositores: Artur das Ferragens, Gustavinho Oliveira, Danilo Garcia, Braguinha e Rafael Zimmerman

A MINHA VILA CHEGOU

OUÇA ESSA VOZ

A PELE ARREPIA AO SOM DA BATIDA…

FORÇA DOS MEUS ANCESTRAIS

HERANÇA QUE FEZ RESSOAR O RUFAR DO TAMBOR

PRA GENTE DANÇAR ASSIM, FELIZ

MARACAS ENCONTRAM TAMBORINS

O REGGAE CELEBRA MENSAGENS DE PAZ

OH MINHA FLOR, QUERO VOCÊ EM MEUS BRAÇOS

BAILANDO NO MESMO COMPASSO

UM TANGO DE DRAMA E AMOR

VILA,

“AZUL” QUE DÁ O TOM À MINHA VIDA

UM “SOPRO” DE ESPERANÇA NA AVENIDA

EU FAÇO UM PEDIDO EM ORAÇÃO

OUVI-LA PRA SEMPRE NO MEU CORAÇÃO

UM SOLO DE GUITARRA A EMBALAR

“SOUL” A MAIS PERFEITA FORMA DE EXPRESSAR

EU VOU, EU VOU… ONDE FEZ RAIZ A TRADIÇÃO NAGÔ

EU VOU, EU VOU, FOI

O POVO DO SAMBA QUEM ME CHAMOU

GINGA NO LUNDU, (MORENA)

NEGRO É O REI (É O REI)

TOQUE DE IJEXÁ, (AFOXÉ)

PRA “PURIFICAR” (MINHA FÉ)

GIRA BAIANA, DEIXA A LÁGRIMA ROLAR

QUANDO NO TERREIRO NOVAMENTE ECOAR

ÔÔ, KIZOMBA É A VILA

FIRMA O BATUQUE NO SOM DA COR

VALEU ZUMBI, A LUA NO CÉU

É A MESMA DE LUANDA E DA VILA ISABEL

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Redação TDS

Velha Guarda da Portela recebe Moacyr Luz na feijoada deste sábado

Compositores tricampeões na Portela vencem disputa na São Clemente