Você está aqui
Página Inicial > Carnaval 2017 > Com mais de sete horas de ensaios, Camisa, Gaviões e Rosas fazem bons treinos e são os destaques da noite.

Com mais de sete horas de ensaios, Camisa, Gaviões e Rosas fazem bons treinos e são os destaques da noite.

Compartilhe:
Fotos – Comunicação & Marketing (CVB)

O sábado (11) de ensaios técnicos foi uma maratona, com direito a seis agremiações e mais de sete horas de muito desfile. O treino terá quatro escolas do Grupo Especial (Unidos de Vila Maria, Tom Maior, Gaviões da Fiel e Rosas de Ouro) e duas entidades do Grupo de Acesso (Colorado do Brás e Camisa Verde e Branco), e contou com um ótimo público nas arquibancadas do Anhembi, que tem a entrada gratuita. Os ensaios não tiveram atrasos e terminaram dentro do cronograma da LIGA-SP

A primeira a pisar na Avenida foi a Colorado do Brás, agremiação do Grupo de Acesso, que levará para o Anhembi o enredo ” Luz, câmera, ação…A Colorado apresenta: a “Roliúde” no sertão”, desenvolvido por Leonardo Catta Preta, que fará a sua estreia na agremiação. A Colorado realizou o seu último treino e o destaque foi o carro de som, capitaneado pelo jovem Chitão Martins, que apresentou o samba de autoria Thiago Morganti, Ronny Potolski, Sukata, Igor Vianna, Michel Mammoccio, Tubino, Willian Tadeu, Butti, Walter Jr, Lo Robson, André Valêncio, Diley, André Filosofia, Victor Alves e Meiners, de forma irreverente e com muita pegada pele Avenida. Outro ponto positivo foi o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Ana Paula e Ruhanan, que realizou uma bela coreografia com muita segurança pelos mais 500 metros da Avenida. A Colorado será a sétima  escola a desfilar pelo Grupo de Acesso , no domingo de carnaval ,  dia 26 de fevereiro.

Fotos: Nelson Gariba e Hauana Caetano / Radio Sintonia de Bambas

A segunda a realizar o seu treino foi a Unidos de Vila Maria, que irá para a Avenida com o enredo em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, com o tema “Aparecida – A Rainha do Brasil. 300 anos de amor e fé no coração do povo brasileiro”, desenvolvido pelo carnavalesco Sidnei França. A Vila Maria realizou o seu último treino, e o destaque foi a bateria ‘Cadência da Vila’ comandada por Mestre Moleza, que realizou mais uma vez um ritmo bem acelerado que apresentou nos dois últimos, e ainda abusando das paradinhas e bossas, principalmente nas entradas dos refrões do samba que é composto por Leandro Rato, Zé Paulo Sierra, Almir Mendonça, Vinicius Ferreira, Zé Boy e Silas Augusto. Outro ponto positivo foi o primeiro casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Edgar Carobina e Laís Moreira, onde apresentaram uma linda coreografia clássica  em que o Mestre-Sala cortejava a Porta-Bandeira a todo o momento no ensaio. A Vila Maria será a terceira agremiação a desfilar na sexta de Carnaval, dia 24 de fevereiro.

Fotos: Hauana Caetano / Radio Sintonia de Bambas

A terceira escola a realizar o seu ensaio foi a Tom Maior, que levará para a Passarela o enredo “Elba Ramalho canta em oração o folclore do Nordeste. Toque sanfoneiro: Forró, frevo e xaxado…”, desenvolvido pelo carnavalesco Claudio Cavalcante, o Cebola. A Tom realizou o seu último treino, e o destaque foi o primeiro casa de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Jairo e Simone, mas uma vez deu um show de simpatia, alegria e de dança. A dupla realizou uma coreografia clássica com o MS cortejando a PB pelos mais de 500 metros da Avenida. Outro ponto positivo foi a bateria ‘Tom 30’ de mestre Carlão, que realizou várias paradinhas e breques, que impulsionou o canto da comunidade, que tem o samba composto por Maradona, Turko, Ricardo Neto, Paulinho Miranda, Rafa do Cavaco, Celsinho Mody, Léo Regis e Tinga, por toda a Avenida. A Tom será a primeira a se apresentar na sexta de carnaval, dia 24 de fevereiro.

Créditos fotos: Nelson Gariba / Rádio Sintonia de Bambas

A quarta agremiação a pisar no Anhembi foi a Camisa Verde e Branco, entidade do Grupo de Acesso, que levará o enredo reeditado de 2003 “A Revolta da Chibata. Sonho, Coragem e Bravura. Minha história: João Cândido, Um Sonho de Liberdade”, desenvolvido por Marco Aurélio Ruffinn. O Camisa realizou o seu último ensaio, e o destaque foi mais uma vez a bateria ‘Furiosa’ de Mestre Neninho que realizou um andamento cadenciado com um show de paradinhas e bossas pela Avenida. Outro ponto positivo foi o carro de som da escola, que é capitaneado pelo Jovem Thiago Brito, que estreia na agremiação, onde mostrou um entrosamento grande com o time de canto, e ajudou muito na Evolução da entidade. Outro ponto forte da escola foi o samba enredo que tem autoria Carlos Junior e Didi, um dos grandes do carnaval de São Paulo, que deu um sustentação na Avenida. O Camisa será a terceira escola a se apresentar no domingo de Carnaval, 26 de fevereiro.

Foto: Ricardo Netto / Caramba Comunicação

Já na madruga de domingo (12), a penúltima escola a se apresentou no ensaio técnico foi a Gaviões da Fiel, que levará para a Avenida o enredo “Com as mãos e a garra de um povo sonhador, surge o contraste de uma nova metrópole – Sampa, lugar de sonhos, oportunidades e esperança”, desenvolvi pelo carnavalesco Zilkson Reis. A Gaviões realizou o seu segundo ensaio, e o destaque foi a bateria ‘Ritmão’ comandada por Mestre Pantchinho, e o carro de som, comandado por Ernesto Teixeira. A bateria realizou algumas bossas e paradinhas que ajudou na sustentação do samba composto Moraes, Lubé LK, Renato do Pandeiro, Edmílson, Rogério, Maurição, Gledão e Vini. Já o carro de som, capitaneado por Ernesto ajudou na Evolução da escola  e ainda levantou os presentes pela Avenida e mostrou que é um dos melhores cantores do carnaval de São Paulo.  Outro ponto positivo foi a compactação entre as alas, que não deixou nenhum espaço pelos 560 metros da Passarela. O último ensaio técnico dos Gaviões será no próximo dia 16 de fevereiro.

Fotos: Hauana Caetano / Radio Sintonia de Bambas

Por volta das 1h10 da madrugada, a Rosas de Ouro foi a ultima agremiação a realizar seu ensaio técnico com o enredo “Convivium. Sente-se à mesa e saboreie”, assinado por Andre Machado, carnavalesco que debutará na entidade do  Bairro da Freguesia do Ó. A Rosas realizou o seu último treno, e o destaque foi a bateria ‘Com Identidade’, que colocou um andamento mais acelerado e apresentou algumas paradinhas e bossas pela Avenida. Outro ponto positivo foi ao carro de som, capitaneado por Royce do Cavaco, que ajudou muito no andamento da escola com as alas cantando e vibrando a todo o momento, muito pelo samba composto por Aquiles da Vila, Guiga Oliveira, Fabiano Sorriso, JC Castilho, Marcus Boldrini, Salgado Luz, Vaguinho e Rapha SP. Outro ponto a se destacar foi a evolução da escola que apresentou alas compactas e passou sem buracos pelos mais de 500 metros do Anhembi. A Rosas será a ultima agremiação a se apresentar no sábado de carnaval, dia 25 de Fevereiro

Foto: Rede Social da Rosas de Ouro
Compartilhe:

Comente este notícia

Top