in , , , , ,

Debaixo de muita chuva, Mocidade e Independente são os destaques da noite de ensaios; Peruche, Camisa e Imperador realizam belos treinos

Foto:: @maguilaokaradafoto

Com mais de uma hora de atraso. devido a forte chuva que caiu no sambódromo do Anhembi, os ensaios técnicos de sábado (21) foi recheada de grandes escolas, sendo duas do Grupo Especial ( Unidos do Peruche e Mocidade Alegre), e três do Grupo de Acesso (Camisa Verde e Branco, Imperador do Ipiranga e Independente Tricolor). Das cinco entidades no treino, duas deles realizou o seu segundo ensaio, que eram o Camisa e a Independente. O público no ensaio foi muito pequeno muito por causa da chuva que caiu na região do Sambódromo.

Foto:: @maguilaokaradafoto

A primeira a pisar na Passarela do Samba Paulistano para realizar o seu treino sob muita chuva, foi a Unidos do Peruche, que levará para o Anhembi o enredo “A Peruche no maior axé exalta Salvador, cidade da Bahia, caldeirão de raças, cultura, fé e alegria”, desenvolvido pela dupla de carnavalescos Murilo Lobo e Sérgio Caputo Gall. O destaque do ensaio foi a bateria ‘Rolo compressor’, comanda pelo Mestre Call, que treinou com um andamento mais acelerado e ainda apresentou várias paradinhas. em especial nos refrões do samba. Outro destaque do treino foi o primeiro casal de Mestre-Sala e Porta-bandeira, Fabiano Dourado e Thaís Paraguassú, que mesmo com o chão escorregadio, realizou uma coreografia leve que levantou o público nas arquibancadas. O próximo ensaio da Peruche será no dia 28 de Janeiro, já o desfile da ‘Filial do Samba’ será a segunda agremiação no sábado de carnaval, dia 25 de Fevereiro.

FOTO: Rede social sintoniadebambas

A segunda agremiação a realizar o seu treino no sambódromo de São Paulo, foi a Mocidade Alegre, que levará para a Avenida o enredo “A vitória vem da luta. A luta vem da força e a força vem da união”, desenvolvido pela Comissão de Carnaval (Leandro Vieira, Paulo Brasil, Carlinhos Lopes e Neide Lopes). O único desfalque do ensaio foi o Interprete Ito Melodia, que não compareceu ao treino devido ao ensaio de quadra da União da Ilha. O destaque do ensaio foi o canto da escola, que apresentou uniformidade em todas as alas, muito pela força do seu interprete Tiganá  e time de canto. Outro ponto positivo foi a bateria ‘Ritmo Puro’, de mestre Sombra, que apresentou varias paradinhas durante todo o Anhembi. Vale lembrar que Sombra ensaio em uma cadeira de rodas, pois, se recupera de um acidente.  O próximo ensaio da Morada do Samba será no dia 3 de Fevereiro , já o desfile da escola será na sexta de carnaval, dia 24 de Fevereiro, como a segunda agremiação da noite.

FOTO: Rede social sintoniadebambas

A terceira entidade a realizar o seu ensaio foi a tradicional Camisa Verde e Branco, que levará para a Avenida uma reedição do carnaval de 2003, que tem como enredo “A Revolta da Chibata. Sonho, Coragem e Bravura. Minha história: João Cândido, Um Sonho de Liberdade”, desenvolvido pelo carnavalesco Marco Aurélio Ruffinn.  O destaque da escola foi mais uma vez a junção entre o carro de som e a Bateria ‘Furiosa’. O carro de som que é capitaneado pelo jovem Thiago Brito, levou o samba com muita garra, e a bateria ‘Furiosa’, comandada pelo aniversariante do dia Fernando Neninho, mais uma vez levou um ritmo cadenciado, com muitas paradinhas e breques durante a Avenida. Outro ponto positivo do treino foi a comissão de frente do Camisa, que apresentou uma coreografia muito forte e bem realizada pelos bailarinos. O ‘Trevo’ ensaiará pela a terceira e ultima vez no dia 11 de Fevereiro, já o desfile da agremiação será no domingo, dia 26 de Fevereiro, como a terceira a se apresentar no Grupo de Acesso.

FOTO: Rede social sintoniadebambas

A penúltima a se apresentar na passarela do samba, foi a Imperador do Ipiranga,  que também levará um samba reeditado de 2004, com o enredo “Ipiranga, Berço Esplêndido de um Povo Heróico”, desenvolvido pelo carnavalesco Mauro Xuxa, que foi vice-campeão do Grupo Especial com a Acadêmicos do Tatuapé em 2016. O destaque do treino foi o irreverente Adeílton Almeida, que é o interprete da Imperador, e levou o samba composto por Marcinho Queleke, Robson Batuta e Dall Acqua, de forma segura e animada pela Avenida. Outro destaque do ensaio foi a Bateria da agremiação, de mestre Vitor que apresentou algumas paradinhas, em especial na entrada do refrão principal da escola, e ainda algumas convenções durante todo o samba. A Imperador será a sexta escola a desfilar, no domingo, 26 de fevereiro, pelo Grupo de Acesso, já o próximo ensaio da agremiação será no dia em 28 de janeiro.

FOTO: Rede social sintoniadebambas

A ultima agremiação a se apresentar, já no domingo (22), foi a Independente Tricolor, que levará o enredo “É Mentira!”, desenvolvido pelo carnavalesco Vinicius Freitas, filho do carnavalesco campeão do Grupo Especial de São Paulo, Jorge Freitas, pela Império de Casa Verde. O destaque do ensaio foi a Bateria, que e comandada pelo Mestre Klemen Gioz, que levou o samba de forma cadenciada, por  todo o Anhembi, além da composição do carro de som, que é capitaneado por Rafael Pinah e Pê Santana. Outro destaque foi o primeiro casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Cley e Lenita, que mesmo com o solo molhado e escorregadio realizou uma apresentação segura e bela pelo Anhembi. O próximo ensaio da entidade será no dia 29 de Janeiro, e o desfile da agremiação será a quarta escola, no domingo de carnaval, dia 26 de Fevereiro.

Foto:: @maguilaokaradafoto

Os ensaios técnicos retornam neste domingo (22) com a atual campeã de São Paulo, a Império de Casa Verde, que treinará as 20h no sambódromo do Anhembi.

 

 

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Rafael.Damico

Debaixo de muita chuva, Nenê da show em segundo ensaio técnico; Tom Maior faz primeiro ensaio empolgante no Anhembi

Filho de Gonzaguinha, homenageado no enredo da Estácio, Daniel participou do ensaio técnico da escola na Sapucaí