in , , , , , , ,

Eduardo Paes volta ao Rio só pra desfilar na Portela

Em entrevista publicada neste sábado na coluna do Ancelmo Gois, do Jornal O GLOBO, o ex-prefeito Eduardo Paes afirma que retorna ao país somente para desfilar pela Portela. Confira:

Foi só Eduardo Paes deixar o país para a azul e branco vencer. “A gozação era inevitável, mas foi bom a Portela ganhar depois da minha saída. Era capaz de falarem que eu tinha armado”, argumentou ele, que, de Nova York, trocou nesta sexta-feira dois dedos de prosa com o colunista pelo aplicativo WhatsApp. O ex-alcaide contou um pouco sobre a vida fora do país, reafirmou que não se arrepende de ter lançado Pedro Paulo como candidato a prefeito, desconversou sobre Marcelo Crivella (“é muito cedo para fazer comentários”) e cutucou o amigo Pezão: “Ele demorou um pouco para perceber o tamanho da crise que estava em marcha”. Mas o que quis mesmo foi falar da Portela. Para suprema felicidade dele, só falta o Vasco ser campeão brasileiro este ano — mas essa aí, data venia, não é uma tarefa fácil. Com todo o respeito.

Como foi esse “dolce far niente” por aí?

Ao contrário do que muitos imaginam, minhas férias acabaram lá pelo dia 20 de janeiro. Estou fazendo muita coisa. Presto consultoria na área de cidade e sustentabilidade para o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Volta e meia, tenho que ir para Washington. Assumi a presidência de um fundo de financiamento de projetos do Grupo C40 (de grandes cidades) a convite da Anne Hidalgo, prefeita de Paris — que passou a liderar a organização no meu lugar. Faço ainda consultoria para duas empresas na área de energia e sustentabilidade, nenhuma delas com qualquer relação com o Brasil. Enfim, é bastante coisa.

Mas a rotina mudou…

Óbvio, não é um trabalho que eu fazia aí. Quer dizer: não tem aquela coisa de horário, de chegar às 7h e sair às 22h. Aqui, nos Estados Unidos, tem muito home office. Mas, a partir de abril, vou começar a viajar bastante para fazer palestras.

É claro que não existe mais essa história de fazer a barba todo dia. Deixei uma barbinha crescer, um negócio que nunca fiz na vida. Vou desfilar pela Portela barbado. Depois, quando eu sair deste período sabático, como chamam, voltarei a fazer a barba.

A entrevista completa você confere no link do Jornal O GLOBO

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Redação TDS

Portela convida integrantes do Império Serrano para participar do desfile das campeãs

Unidos de Padre Miguel anuncia renovação do primeiro casal de MS e PB