Você está aqui
Página Inicial > Carnaval 2017 > Em festa de Aniversário, Paraíso do Tuiuti anuncia enredo para o carnaval 2019

Em festa de Aniversário, Paraíso do Tuiuti anuncia enredo para o carnaval 2019

Compartilhe:
Foto: Ewerton Pereira / Divulgação

A atual vice-campeã do carnaval do Rio de Janeiro, a Paraíso do Tuiuti, anunciou o seu enredo para o carnaval 2019. O anunciou ocorreu em sua festa de aniversário, onde a agremiação completava 66 anos de histórias.

O carnavalesco Jack Vasconcelos levará para a Sapucaí a história do Bode Ioiô que, pela fama, foi eleito vereador em Fortaleza, no ano de 1922. O voto no bode foi uma forma da população protestar contra a política local da época.

A Tuiuti pegará esse gancho e trará um desfile sobre a importância do voto consciente. A sinopse do enredo será  conhecida no dia 13 de maio.

A agremiação de São Cristóvão também confirmou que não haverá eliminatórias de samba-enredo e novamente encomendará pelo segundo ano consecutivo. Segundo o presidente Thor, a composição terá os mesmos autores da obra passada, que serão: Moacyr Luz, Cláudio Russo, Dona Zezé, Jurandir e Aníbal.
Foto: Felipe Abud / Divulgação

História

“Chegado à capital pelas mãos de flagelados da seca de 1915 – aquela eternizada por Rachel de Queiroz –, o personagem desta história fora comprado provavelmente por caridade pelo dono de uma das muitas firmas de importação e exportação que se espalhavam pela capital cearense que pretendia ares de modernidade naquele início de século. E foi justamente pelas ruas dessa Fortaleza que se desejava chic que o bode, símbolo de uma cultura sertaneja que se queria suplantar, ganhou fama, em suas idas e vindas diárias da Praia do Peixe ao Centro da cidade. E é daí que se acredita vir seu famoso nome, Bode Ioiô.

Conta a memória de Fortaleza que o caprino tinha livre trânsito pela cidade, sem ser incomodado pelos fiscais da Intendência, adentrando vários estabelecimentos comerciais, sobremaneira os Cafés, onde desfrutava do carisma de muitos e de vários tipos de regalias. Era um bode boêmio! E nessa boemia nosso personagem teria de tudo aprendido: a tomar cachaça, a andar de bonde e até a levantar a saia das moças. Conta-se mesmo que chegou a ser eleito vereador da cidade, em uma época em que o voto acontecia em cédulas de papel e os protestos políticos realizavam-se muitas vezes através da galhofa”, afirma Carla Vieira, diretora do Museu do Ceará.

Fonte: http://www.secult.ce.gov.br/index.php/latest-news/46927-bode-ioio-em-exposicao-no-museu-do-ceara-sera-tema-de-escola-de-samba-tuiuti

Compartilhe:

Comente este notícia

Top