in , , , , , ,

Em plenária, Grande Rio e Império Serrano são mantidas no Grupo Especial para 2019

Com a aprovação de 12 das 14 Escolas envolvidas, a Liga Independente das Escolas de Samba, coordenadora artística dos desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro, decidiu que não haverá rebaixamento de nenhuma Agremiação neste ano. As únicas agremiações a ficarem contra a “virada de mesa” foram a Estação Primeira de Mangueira e Portela.

Sendo assim, Império Serrano, último colocado no Carnaval de 2018, e Grande Rio, penúltima, permanecerão no Grupo Especial que, com a ascensão da Unidos do Viradouro, campeã da Série A deste ano, passará a contar com 14 Escolas em 2019.

Ficou determinado, ainda, que em 2019 serão rebaixadas duas Escolas, com o acesso de apenas uma, mesmo procedimento a ser adotado em 2020 – chegando-se, então, novamente a 12 agremiações para os desfiles de 2021.

A decisão foi tomada em clima de forte emoção, com os presidentes das Escolas de Samba avaliando pedidos feitos pelo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella; do presidente da Riotur, Marcelo Alves; além das manifestações de solidariedade do governador do Estado, Luiz Fernando Pezão; do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; e do prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis.

“Foi um Carnaval extremamente competitivo, no qual as Escolas demonstraram, mais uma vez, toda sua força e capacidade de superação. Tomamos esta decisão pensando no futuro do espetáculo e as Escolas concordaram, ainda, que exceto se houver uma situação de calamidade, não mais acontecerá este tipo de alteração no Regulamento”, afirmou o presidente da LIESA, Jorge Castanheira.

Nas próximas semanas serão adotadas providências quanto ao Regulamento para o próximo ano, tais como a ordem de apresentação das Escolas nos desfiles e demais temas pertinentes.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Rafael.Damico

São Clemente anuncia duas contratações e três renovações para 2019

Unidos de Bangu anuncia novo casal de MS e PB para 2019