Estácio de Sá recebe nesta sexta (11), o Salgueiro na noite do vermelho e branco no Berço do Samba.

FOTO: RENATO JAZZ

A Estácio de Sá recebe nesta sexta-feira,11 de janeiro , a partir das 22h30, à noite do vermelho e branco. A escola convidada desta vez será a Acadêmicos do Salgueiro que virá com todos os segmentos: Bateria Furiosa dos mestres Guilherme e Gustavo, os intérpretes Emerson Dias e Quinho , casais de mestre-sala e porta-bandeira, passistas, baianas, velha-guarda e harmonias.

A abertura no Berço do Samba será com exibição de mestre-sala e porta-bandeira, passistas, baianas, velha-guarda ,compositores, destaques, Velha Guarda, departamento feminino, bateria Medalha de Ouro do Mestre Chuvisco e os grandes sambas que marcaram época como: O Ti Ti Ti do Sapoti, Festa do Círio de Nazaré, A Dança da Lua, Paulicéia Desvairada- 70 anos de Modernismo, O Boi dá Bode, Salve Jorge, Quem é Você e o hino para o carnaval 2019 na voz do intérprete oficial Serginho do Porto e todo carro de som.

A entrada custa R$ 30 mas comunidade com carteirinha ou sócios da escola não pagam. A classificação é 18 anos e o endereço é Rua Salvador de Sá, 206 – Cidade Nova.

Em 2019, a Estácio de Sá será a terceira escola a desfilar no sábado de Carnaval, pela Série A. A vermelha e branca terá como enredo: A fé que emerge das águas, sobre a história de devoção do povo panamenho ao Cristo Negro de Portobelo e que está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Tarcísio Zanon.

Comente este notícia