Você está aqui
Página Inicial > Blocos de Rua > Exposição “Abre-Alas” vai recordar origem da folia

Exposição “Abre-Alas” vai recordar origem da folia

Compartilhe:

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) e a Agência O Globo apresentam, a partir desta sexta-feira, 3, a exposição “Abre Alas”, com fotografias e músicas que contam a história do carnaval carioca. As 32 fotos do acervo da agência formam um mosaico de imagens dos foliões, dos blocos de rua e dos movimentos, como os ranchos e os cordões, que deram origem aos festejos de momo.

– Vamos proporcionar uma viagem no tempo aos visitantes que vierem ao Palácio Tiradentes. Trata-se de um trabalho de História minucioso sobre a maior festa popular do Brasil e que mostra, desde a década de 30, com muita graça e verdade, a espontaneidade do nosso povo – destaca o presidente da Alerj, deputado Paulo Melo (PMDB).

O objetivo da exposição é revelar, através de imagens, aspectos do carnaval carioca que não estão associados ao universo dos grandes desfiles oficiais das escolas de samba. De acordo com Flávia Campuzano, gerente da Agência O Globo, o foco da exposição é o carnaval de rua.

– Com um acervo muito amplo, procuramos mostrar como as primeiras manifestações espontâneas, que deram origem ao carnaval como conhecemos hoje, foram surgindo nas ruas e salões da cidade, desde a década de 30.

“Abre Alas” apresenta a história do carnaval em dois momentos: em 14 painéis estarão expostas 32 imagens do período compreendido entre as décadas de 1930 a 1980; e uma apresentação em slideshow terá como foco o carnaval de rua da década de 90 até os dias de hoje.  O público terá também à sua disposição dez aparelhos de mp3, para ouvir uma seleção de 13 das principais marchinhas de todos os tempos.

A exposição “Abre Alas” acontecerá no Salão Nobre do Palácio Tiradentes, na Rua Dom Manuel, s/nº, Centro do Rio, de segunda a sexta-feira, das 10 às 17h, e aos sábados, domingos e feriados, das 12 às 17h. O acesso para cadeirantes é pela Rua Dom Manuel, s/n°, pela Praça XV. A mostra fica na Alerj até 31 de março. A entrada é grátis.

 

Fotos: Agência O Globo

 

                              

Compartilhe:

Comente este notícia

Top