in , , , , ,

Homenageado no enredo participou do ensaio da Estácio de Sá na Avenida

Por Fábio Pavão e Simone Fernandes

Segunda escola a se apresentar na noite de domingo, 9, na primeira noite de ensaios técnicos na Marquês de Sapucaí, a Estácio de Sá contou a presença de Rildo Hora, maestro, músico, arranjador e produtor musical, que será homenageado no desfile da vermelho e branco no próximo Carnaval. Antes da apresentação da escola, foi feito um minuto de silêncio em memória do arquiteto Oscar Niemeyer, morto na última semana, e que foi o autor do projeto de construção da Passarela do Samba.

Com um contingente bem superior ao que a Acadêmicos da Rocinha apresentou, momentos antes abrindo os trabalhos na pista oficial dos desfiles, o ensaio da Estácio poderia ter rendido mais se seus componentes tivessem feito o dever de casa e tivessem mostrado na Avenida uma apresentação mais uniforme em relação ao canto, que pode ajudar muito a escola, no dia do desfile, na luta pelo campeonato da Série A, que vai garantir que a escola vencedora figure, em 2014, no Grupo Especial. Nas alas posicionadas à frente da bateria de mestre Chuvisco, o problema da falta de canto ficou mais evidente.

A rainha de bateria Luana Bandeira, assistente de palco do “Caldeirão do Huck”, qu pelo segundo ano consecutivo ocupa o posto, esteve junto com seus ritmistas no ensaio.

A Estácio de Sá será a sexta escola a se apresentar no espetáculo de Sexta-Feira de Carnaval. O título do enredo, assinado pelo carnavalesco Jack Vasconcelos, é “Rildo Hora: a ópera de um menino… no toque do realejo rege seu destino!”.

Fotos Ricardo Almeida

 

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Redação TDS

Comments

Deixe uma resposta

Loading…

0

Comente este notícia

Acadêmicos da Rocinha abriu a temporada de ensaios na Marquês de Sapucaí

Bloco Mulheres da Vila vai eleger Rei