Você está aqui
Página Inicial > Carnaval 2017 > Leia a sinopse e confira a montagem do desfile da Colorado do Brás

Leia a sinopse e confira a montagem do desfile da Colorado do Brás

Compartilhe:

HAKUNA MATATA – ISSO É VIVER

COLORADO DO BRÁS 2019

AUTORES: THIAGO MORGANTI E LEONARDO CATTA PRETA

 

INTRODUÇÃO

Esta canção – JAMBO BWANA – , em suaíli, língua típica da África, cultuada pelos povos Bantus, composta pelo músico queniano Teddy Kalanda Harrison, que teve a sua primeira gravação em Fevereiro de 1980. Desde então, viram-se surgir, em todo o mundo, diversas adaptações, sendo a mais conhecida a do grupo Boney M. que fez muito sucesso no Quênia, em plena a guerra de libertação do país.

 

Jambo / Olá

Jambo, Jambo Bwana / Olá, Olá Senhor,

Habari gani? / Como está?,

Mzuri sana / Muito bem.

Wageni, mwakaribishwa / Estrangeiros, vocês são bem-vindos

Kenya yetu Hakuna Matata. / No nosso Quénia não há problema.

Kenya nchi nzuri / O Quénia é um bonito país,

Hakuna Matata. / Não há problema.

Nchi ya maajabu / Um lindo país,

Hakuna Matata / Não há problema.

Nchi yenye amani / Um país pacífico,

Hakuna Matata. / Não há problema.

Hakuna Matata / Não há problema,

Hakuna Matata. / Não há problema.

Watu wote / Todos,

Hakuna Matata / Não há problema,

Wakaribishwa / São bem-vindos,

Hakuna Matata / Não há problema.

Hakuna Matata / Não há problema,

Hakuna Matata. (mpaka mwisho) / Não há problema. (até ao fim)

 

 

JUSTIFICATIVA

 

No carnaval 2019, a Colorado do Brás vai brincar com a música Jambo Bwana, do grupo queniano Boney M. que, que lançou para o mundo em 1983 a expressão “Hakuna Matata”, representando sem problemas”, “seja livre” e “seja feliz”. A música tinha como objetivo atrair turistas para o país que acabara de se libertar de uma ditadura.

A música Jambo Bwana convida para que todos possam conhecer os cantos de fé, os contos populares, as danças, os rituais, e todas as manifestações relacionadas à cultura africana. No fim, a música utiliza a expressão Hakuna Matata, para mostrar a felicidade do povo em receber as pessoas que desejassem conhecer a sua história e a sua cultura.

Em 1994, foi lançado pela Walt Disney o filme “Rei Leão”, que ficou marcado pela expressão Hakuna Matata usada pelos personagens Timão e Pumba. A partir do filme, a expressão ficou conhecida mundialmente. Posteriormente, foi construído em cima do filme, o musical da Broadway “O Rei Leão” que, venceu mais de 70 prêmios e foi assistido por mais de 65 milhões de pessoas durante seus 15 anos em exibição (atualmente também exibido no Brasil).

O enredo vai homenagear a beleza, a cultura e a simplicidade da África exposta na canção e na expressão Hakuna Matata que representa um marco da liberdade do povo africano, e mostrar que a felicidade está em cada um de nós. E nessa proposta, a Colorado quer ser um leão na sua luta após o retorno ao seu lugar e um Hakuna Matata a todo público na passarela do samba.

Temos como nosso objetivo, mostrar que a felicidade supera os problemas, nos liberta e traz vitórias todos os dias, das mais simples possíveis. Felicidade que temos na dança, no ritmo, na fé, na imaginação, nos sonhos… E claro, em nossa escola de samba !!!

Um odé a liberdade, um ode a felicidade, um ode a vitória, um ode a Colorado!!!

 

SINOPSE

Nosso enredo é um canto.

Uma canção. Uma expressão. Um sentimento.

Hoje é dia de festa e felicidade. Somos herdeiros do Boney M,  que em suas obras queriam exaltar a alegria. Mostrar ao mundo que atrás da liberdade, mora a felicidade. Mostrar ao mundo que o seu país (Quênia), oprimido pela guerra, naquele momento, quebrou as correntes e mostrou pro mundo um sorriso no rosto.

Mostrar ao mundo, que a luz do sol de um novo dia, que dá cor a savana de toda a África, também trará o nosso riso, o riso de um novo amanhã.  Estamos Hakuna Matata, prontos para receber todos aqueles que desejarem ser felizes junto com a gente.

Venha! Vamos esquecer os problemas e aproveitar esse dia como se fosse o último. Vamos dar uma chance a vida. Vamos ser felizes!

Sol. Luz. Adoração. Brilho.

Venha conhecer o Paraíso Vermelho da Colorado do Brás!

 

É fé, é crença, é religião.

Deixe ressoar a batida do tambor. Tambor africano. Alabê, Ogã… Rituais, celebrações. Hoje, tudo está misturado. União. Nação. Festa. O som que mexe com a alma, o som que faz o corpo mexer, balançar. É diferente, é alegria, é sorriso em forma de música! É o som da liberdade!

Ouça. Sinta. São cantos de fé, músicas de libertação. É o som africano ecoando.

A liberdade de cantar, celebrar, se manifestar… trazer a espiritualidade para nossos dias e afastar todos problemas!

Escute. Sinta. Mistério. Vibração.

Tem sons, tem histórias, tem magia, tem encanto. Veja os mistérios dessa terra. A cultura pairando no ar. O folclore, o misticismo dessa terra encanta. Deixe se levar por histórias fantásticas, pelo prazer de desvendar novos personagens e novas histórias na mente. Não precisa ter medo, apenas se deixe levar…

Contos que nos levam a imaginar…  A imaginação que nos abre a mente e nos leva a viajar em meio ao mistério. Como se fosse estivéssemos ouvindo um Griot contando histórias, lendas, encantamentos. Deixe a magia tomar conta de você!

 

É mar. É rio. É magia.

Vamos embarcar na Chacaranda! O grande barco encantado é real em cada imaginação. Venceremos os monstros da nossa imaginação e iremos viajar com todos os nossos sonhos, ideais e sentimentos. Conhecer os nativos das margens dos rios e vislumbraremos a beleza dos cristais encantados

Cada pessoa pode criar a sua Chacaranda e criar o seu mundo ideal, repleto de felicidade e vencendo qualquer problema da vida!

 

É beleza. É natureza. É fauna.

Vamos levar a nossa festa para o paraíso da felicidade. Nossos tambores, nossas danças, nossas canções. É a terra dos heróis. Onde a infância volta à memória através de uma canção e uma lembrança.

No paraíso em que o rei é um jovem leão, em busca do crescimento espiritual, com maturidade e liberdade de expressar o que sente. Seus escudeiros brincam a vida. Fazem da natureza o lugar da Hakuna Matata. Onde não há tristeza.

Eles vivem a África. A África livre, viva, pulsante… um hino de amor entre o homem e o respeito a sua raiz e a sua terra. Natureza.

Um lugar onde se aprende a viver… E assim…

A Colorado traz para o carnaval sua raiz africana e leva alegria, através do samba. Uma comunidade que se expressa, que se liberta, que se reinventa, que aprende, que pulsa, que cresce a cada dia e que canta “Hakuna Matata”.

Bem-vindos ao nosso paraíso da felicidade!

 

EXPLANAÇÃO DOS SETORES

SETOR 01 – UM CANTO DE LIBERTAÇÃO

O 1º setor da Colorado mostrará a libertação da África, a quebra das suas correntes e o convite ao mundo a conhecer os seus encantos, a sua beleza, a sua diversidade. As savanas que brilham com a luz do sol e reluzem vida

A África será tingida com as cores do nosso pavilhão. O paraíso vermelho que mostrará os encantos e as belezas em uma só cor! A nossa cor!

ELEMENTOS DO SETOR:

COMISSÃO DE FRENTE – A quebra das correntes da dor.

1º CASAL DE MESTRE-SALA E PORTA-BANDEIRA – A África que pulsa diversidade (02 COMPONENTES)

ALA 01 –A savana brilhante.

ALEGORIA 01 – ABRE ALAS – Paraíso vermelho

 

SETOR 02 – UM CANTO DE FÉ

O segundo setor vamos mostrar a musicalidade e a fé do povo africano. Que toca seus tambores para louvar seus deuses, que tem fé, que tem ginga, que tem muita cultura.

Mostrar que a África tem uma linda cultura dos Orixás, conhecida no mundo inteiro. Mas que sua fé e sua musicalidade não se resumem apenas a isso.

ELEMENTOS DO SETOR:

ALA 02 – Kpangolo – o tambor de áfrica

ALA 03 – BATERIA – Ogã alabê – o rei do atabaque

ALA 04 – A força e o canto do orixá

2º CASAL – A voz ancestral a chama da fé

ALA 05 – Baianas – As jongueiras

ALA 06 – O ritual sufi – A dança Gnawa

Destaque de chão – A grande celebração

ALEGORIA 02 – A mística celebração Kwanza

 

SETOR 03 – UM CANTO DE LENDAS

O 3º setor da escola vai mostrar as lendas e as histórias que não são tão conhecidas, mas que são completamente cheias de magia, encantos, fascinação.

Quando iríamos imaginar que na África existe uma tribo que peregrina o continente e ninguém os vê? Ou que existe um contador de histórias embaixo de uma árvore? Ou que um macaco poderia alcançar a lua? Uma aranha tecendo um continente?

Isso é ÁFRICA!

ELEMENTOS DO SETOR:

ALA 07 – A lenda das savanas – a tribo massai

ALA 08 – Aboio, o som da libertação

ALA 09 – Griot, o contador de histórias

Tripé 01 –  Baobá

ALA 10 – Uma viagem à lua

Ala 11 – O leão e as asas de cera

ALA 12 – Halakavuma – O mensageiro dos deuses.

Destaque de chão – Aranha

ALEGORIA 03 – Anansi, a aranha tecelã

 

SETOR 04 – O CANTO DAS ÁGUAS

As águas que cortam o continente, não só delimitam a maioria dos países, mas são cobertas de magia, de encanto, de mistério.

A beleza dos cristais d’agua, que refletem o futuro das pessoas. Os monstros que cercam o mar. Os nativos à beira do rio, que vivem na dependência das águas. E é claro, a nossa Chacaranda, o barco encantando que nos levará a conhecer os mistérios das águas africanas.

 

ELEMENTOS DO SETOR:

ALA 13 – As águas do rio dos sonhos

ALA 14 – Os monstros da imaginação

Tripé – Cavalos marinhos

ALA 15 – Os nativos das margens do rio

Ala 16– Passistas cristais d água

Ala 17 – Iemanjá, a rainha do mar

ALA 18 – Tripulantes da chacaranda encantada

Destaque de chão – Seres aquáticos

ALEGORIA 04 – A chacaranda encantada

 

SETOR 05: UM CANTO DE LIBERTAÇÃO

E a liberdade, a grande inspiração pro nosso enredo, será retratada da forma mais bela de todas no nosso último setor. Mostraremos a liberdade que os pássaros têm no céu, os seres que vivem sem medo na terra, a família, nosso grande porto seguro, e claro: O paraíso da liberdade – Hakuna Matata. Retratado no filme “O Rei Leão”, onde seu Rei – Simba e seus súditos, acompanhados dos 2 grandes guardiões do paraíso – Timaão e Pumba, eram só felicidade no seu reino – Lembrando que todas as cenas de tristeza do filme aconteciam fora da floresta!

 

ELEMENTOS DO SETOR

ALA 19 – A liberdade das asas do céu

ALA 20 – Os seres da terra

3º CASAL DE MESTRE-SALA E PORTA-BANDEIRA – A família

ALA 21 – A exuberante natureza tropical

ALA 22 – Súditos do rei

ALA 23 –Os guardiões de hakuna matata – Timão e Pumba

Destaque de chão

ALEGORIA 05 – O paraíso Colorado – Hakuna Matata para você

 

Autores: Thiago Morganti e Leonardo Catta Preta

Compartilhe:

Comente este notícia

Top