Portela dispensa Sheron Menezzes do posto de rainha de bateria

Informação foi dada pela atriz em sua página no Twitter … Leia mais…Portela dispensa Sheron Menezzes do posto de rainha de bateria

Mais uma escola de samba do Grupo Especial está com posto vago para rainha de bateria. Na madrugada desta quarta-feira, 25, a atriz Sheron Menezzes, que esteve à frente dos ritmistas da Portela nos dois últimos carnavais, anunciou, através de sua página no Twitter, que foi dispensada pelo presidente da agremiação, Nilo Figueiredo.

“É com um grande aperto no coração que comunico à nação portelense que, por decisão do Presidente Nilo Figueiredo, não sou mais a rainha de bateria da maravilhosa Tabajara do Samba. Gostaria de agradecer a todos os segmentos da escola pelo carinho que recebi durante esses dois anos e mandar em enorme beijo para a respeitada velha guarda da Portela e para a minha querida bateria. Vocês estão e estarão sempre no meu coração. Um beijo grande, Obrigada por tudo e até breve. Amo vocês!”, escreveu a artista em seu microblog.

Além da Portela, estão sem rainha de bateria a Mocidade Independente de Padre Miguel, Unidos da Tijuca, Acadêmicos do Grande Rio e Inocentes de Belford Roxo. Com exceção da Grande Rio, de onde Ana Furtado pediu pra sair, as outras vagas foram abertas por decisão das próprias agremiações. É a maior troca de rainhas de bateria que já aconteceu no Carnaval carioca. As atrizes Thais Araújo, Isis de Oliveira, Paola Oliveira e a apresentadora Fernanda Lima foram convidadas para o posto no desfile de 2013 em algumas dessas escolas, mas, alegando motivos diversos, recusaram o convite.

Nos bastidores, os comentários são que os convites não vêm sendo aceitos por atrizes consideradas de ponta porque, como é de conhecimento público, o posto de rainha de bateria perdeu o glamour depois que, há alguns anos, algumas escolas aceitaram subcelebridades à frente de seus ritmistas em troca de vantagens financeiras, o que teria tirado o encanto da posição que já foi ocupada por nomes como Luma de Oliveira, Juliana Paes e Adriane Galisteu, por exemplo. Outra corrente acha que as globais, ao consultarem a direção da emissora, ouvem a sugestão para que não aceitem.

 

Na Portela, um dos nomes cogitados pela diretoria é o de Débora Nascimento, atriz que está no ar em “Avenida Brasil”, como Tessália. Ela já desfilou como destaque da escola.

Comente este notícia

Deixe uma resposta