Você está aqui
Página Inicial > GRUPO ESPECIAL RJ > Portela: ‘No vôo da águia, uma viagem sem fim’

Portela: ‘No vôo da águia, uma viagem sem fim’

Compartilhe:

Com o enredo “No vôo da Águia, uma viagem sem fim”, do carnavalesco Paulo Barros, a escola será a quarta a desfilar na Segunda-feira de Carnaval.

FICHA TÉCNICA

Fundação: 11/04/1923
Cores: Azul e Branco
Presidente de Honra: Monarco
Presidente: Sérgio Procópio
Quadra: Rua Clara Nunes, 81 – Madureira – Rio de Janeiro – RJ CEP 21351-110
Telefone Quadra: (21) 3217 1604
Barracão Cidade do Samba (Barracão nº 03) – Rua Rivadávia Correa, nº 60 – Gamboa – CEP: 20.220-290
Telefone Barracão: (21) 2233 4812 / (21) 2233 1375
Internet: www.gresportela.com.br
Imprensa: Simone Fernandes
simonefern@gmail.com
Telefone: (21) 7843-8940

PORTELA 2016

Enredo: “No vôo da Águia, uma viagem sem fim”
Carnavalesco: Paulo Barros
Diretor de Carnaval: Luiz Carlos Bruno
Comissão de Harmonia: Jeronymo Portela, Tavinho Novello, Nilce Fran, Walci Pelé e Leonardo Brandão
Intérprete: Gilsinho
Mestres de Bateria: Nilo Sérgio
Rainha de Bateria: Patrícia Nery
Mestre-Sala: Alex Marcelino
Porta-Bandeira: Danielle Nascimento
Comissão de Frente: Ghislaine Cavalcante, Marcelo Sandrini e Roberta Nogueira

Autores: Samir Trindade, Wanderley Monteiro, Elson Ramires, Lopita 77, Dimenor e Edmar Jr.
Intérprete: Gilsinho.

Voar nas asas da poesia
Rasgar o céu da mitologia
E nessa Odisséia viajar
Meus olhos vão te guiar, na travessia
E no meu destino sem fim
Cruzar o azul que é tudo pra mim
Enfrentar tormentas e continuar, a navegar

Oh leva eu me leva, aonde o vento soprar eu vou
Oh leva eu me leva, sou livre aonde sonhar eu vou

Quisera ir ao infinito
Sentir lugares tão bonitos
Em terras mais distantes me aventurar
Sem saber se um dia vou voltar

E mais além, no elo perdido cheguei
No vai e vem, a chave da vida encontrei
Vou pedir passagem
Em busca do ouro

O seu brilho me fascina
Quero esse mapa da mina, pra achar tesouros
Abre a janela, pro mundo que Paulo criou

Do outro lado, alguém pode ver esse amor
Meus filhos vem me adorar
O Samba reverenciar
Abram alas, vou me apresentar

Eu sou a Águia, fale de mim quem quiser
Mas é melhor respeitar, sou a Portela
Nessa viagem, mais uma estrela
Que vai brilhar no pavilhão de Madureira

 

Compartilhe:

Comente este notícia

Deixe uma resposta

Top