Você está aqui
Página Inicial > Carnaval 2012 > Presidente da Lesga anunciou renúncia pelo Facebook

Presidente da Lesga anunciou renúncia pelo Facebook

Compartilhe:

Através de seu perfil no Facebook, Reginaldo Gomes, que presidiu a Liga das Escolas de Samba dos Grupos de Acesso A e B desde a fundação da entidade, há quatro anos, anunciou sua renúncia ao cargo. A saída de Reginaldo já era esperada e, na reunião que ocorreu na sede da Lesga na última segunda-feira, presidentes das escolas fundadoras afirmaram que a renúncia seria oficializada em poucos dias.

A crise na direção da Lesga teve início após a apuração das notas do desfile deste ano, que deu o título do Grupo de Acesso A à Inocentes de Belford Roxo, agremiação presidida por Reginaldo. Antes da abertura dos envelopes com as notas dos julgadores, a entidade anunciou que nenhuma escola seria rebaixada, o que contrariava o que havia sido estabelecido no contrato assinado entre a Liga e a prefeitura dentro do regulamento para a realização do Carnaval 2012. A decisão de manter no Grupo A as duas últimas colocadas, desagradou o presidente da Riotur, Antônio Pedro Figueira de Mello, que anunciou, na ocasião, o rompimento de contrato com a Lesga.

Na mensagem postada no Facebook, Reginaldo, que é vereador da cidade de Belford Roxo, disse que deve apresentar sua carta de renúncia à Lesga nesta sexta-feira, 23. Confira a integra do texto:

Na proxima sexta-feira, estarei entregando ao conselho deliberativo da Lesga, uma carta abrindo mão do meu madato e de presidente da Lesga, cargo este que por escolha dos presidentes, exerci por quatro anos. E que por decisão destes mesmos presidentes exerceria até 2014. Realizei o que ninguém conseguiu realizar, transformar o abandonado grupo de acesso em um verdadeiro produto comercial. E esse foi meu verdadeiro erro, despertar o interesse dos grandes empresários pelo grupo, deixar um contrato assinado com a Rede Globo de Televisão, deixar uma entidade com fé publica, desfiles harmonizados, subvenções elevadas em até 500 por cento, as autoridades do Rio de Janeiro, não aceitam que um humilde vereador do humilde município de Belford Roxo possa comadar a segunda maior festa do rio de janeiro. Mas comandei como ninguém comandou, com amor, com orgulho. E com sabedoria, deixo o cargo sabendo que fiz história e que em nenhum momento traí os meus companheiros ou traí ou deixei de cumprir minha palavra. Com relação ao não rebaixamento de 2 escolas um dia todos saberão a verdade por mais cruel que ela possa parecer, mas repito, não traí ninguem, agora estas autoridades estão oferencendo às escolas novos barracões, reformas em suas quadras, e uma infinidade de vantagens para que se voltem contra a minha administração. São poderesos, mas a justiça sempre prevalece.

Vamos continuar trabalhando e mantendo a nossa fé no futuro, um grande abraço.”

Compartilhe:

Comente este notícia

Top