Você está aqui
Página Inicial > Blocos de Rua > Timoneiros da Viola parou Madureira

Timoneiros da Viola parou Madureira

Compartilhe:

Setenta mil pessoas, segundo a organização do bloco, participaram do desfile do Timoneiros da Viola, que fez domingo,3, seu segundo apresentação desde a fundação, no ano passado,  pelas ruas de Madureira. Paulinho da Viola, que inspirou a criação do Timoneiros, foi o destaque da tarde e foi ovacionado pela multidão quando subiu no carro de som. A musa do bloco este ano foi Cecília Rabello, filha do autor de clássicos como “Foi um rio que passou em minha vida”.

Quando o bloco passou nas imediações da quadra da Portela, alguns sambas clássicos da azul e branco foram tocados, como “Contos de Areia”, imortalizado pela voz de Clara Nunes.

O Timoneiros fez, no desfile, um tributo ao antológico musical “Rosa de Ouro”, reverenciando Elton Medeiros e Nelson Sargento, além do próprio Paulinho,  grande anfitrião do bloco. Os três participaram do “Rosa” ao lado de Clementina de Jesus, Aracy Côrtes, Anescarzinho do Salgueiro e Jair do Cavaquinho. O “Rosa de ouro” foi idealizado e dirigido por Hermínio Bello de Carvalho na década de 1960 e só enaltecia e resgatava os ícones do samba, mesma proposta do Timoneiros da Viola. Nelson Sargento também participou do desfile.

Fotos Fernando Maia/Divulgação

Compartilhe:

Comente este notícia

Deixe uma resposta

Top